Notícias

Boletim de Informativo Energia/outubro-2018

icone facebook icone twitter icone whatsapp

  • A Toyota investirá R$ 1 bilhão no aprimoramento, atualização e modernização de todos os processos da linha de montagem de sua unidade em Indaiatuba (SP). O aporte será realizado nos próximos 18 meses.
  •  A companhia suíça Aryzta, especialista em pães para varejo e food service, investirá R$ 150
    milhões na instalação de uma fábrica em Pouso Alegre (MG). As atividades estão previstas para
    começar em 2020.
  • A UniCesumar investirá R$ 55 milhões na abertura de um novo campus em Campo Grande (MS) e
    na construção de um edifício para seus cursos da área da saúde em Maringá (PR). As obras devem
    ser finalizadas até o final de 2019.
  • O Governo do Estado do Espírito Santo investirá R$ 26 milhões em obras de asfaltamento na
    região das montanhas em Guarapari. O valor será repassado para a prefeitura local. De acordo
    com o governo, com a iniciativa, haverá maior harmonia entre a área verde e o agronegócio.
  • O Spasso Armazéns investirá R$ 20 milhões na construção de um novo silo graneleiro em Uberaba
    (MG), com capacidade de armazenar cerca de 100 mil toneladas de grãos. Com o investimento,
    será possível atender toda a região de Intervales.
  • O Governo Federal, através do Ministério da Educação (MEC), investirá R$ 17 milhões em obras
    para atender os cursos de Medicina Veterinária e Direito da Universidade Federal de Mato Grosso
    do Sul, nos campi Cidade Universitária e Paranaíba.
  • A Prefeitura de Belo Horizonte (MG) investirá mais R$ 16 milhões ao longo de 12 meses em
    serviços de tratamento das águas da Lagoa da Pampulha.
  • O Governo do Estado da Bahia investirá cerca de R$ 7 milhões em diversas reformas no Hospital
    Geral de Camaçari. O objetivo, com as obras, é garantir o aprimoramento das instalações do local
    de modo a fornecer atendimento integral aos pacientes.
  • O Governo Federal, através do Ministério da Educação (MEC), investirá R$ 2,5 milhões em
    melhorias no novo campus do Instituto Federal do Acre (Ifac), com vistas a proporcionar uma
    melhor estrutura física para a realização de pesquisas sustentáveis.

Fonte: https://www.economiaemdia.com.br/EconomiaEmDia/pdf/INVEST_SETORIAL_02_10_18.pdf



Voltar